Por que utilizar links patrocinados em seu site?

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Por que utilizar links patrocinados em seu site?

Já não é segredo para ninguém a importância que a internet atingiu nos dias atuais. Com ela, o Google e os demais motores de busca se tornaram as maiores vitrine do mundo, fazendo dos links patrocinados um dos principais canais de publicidade e divulgação.

Porém, essas inovações da esfera digital não surgiram do nada. Elas remetem a algumas mudanças de paradigma que, muito mais do que meramente tecnológicas ou comerciais, são culturais e, até mesmo, sociológicas.

Por exemplo, o advento dos “nativos digitais”, que são os jovens da Geração Z, nascidos em meados das décadas de 1990 e 2000. Essa moçada foi muito mais impactada pelos smartphones e tablets, do que as gerações anteriores, e isso trouxe várias consequências.

A principal delas é, justamente, a do cerne do conceito: “nativos” digitais quer dizer que eles já nascem em meio à conectividade e à acessibilidade.

É neste contexto que o dono de um site precisa compreender o poder de, por exemplo, aparecer na primeira página do Google.

Hoje, quando precisamos de alguma informação, raramente vamos até uma biblioteca ou a um catálogo informativo, ou mesmo chegamos a ligar para alguém. O que fazemos, geralmente, é puxar o celular, jogar no motor de busca e esperar pelo resultado.

Isso vale, para buscas informativas ou trabalhos da faculdade, e também para demandas comerciais e busca por produtos e serviços. 

De fato, dificilmente, alguém contará com panfletagem para cotar serviços residenciais, como o de raspadora de tacos.

O importante é entender, portanto, que essas mudanças culturais trouxeram alterações comportamentais. 

Estas, por sua vez, mudaram totalmente o modo como nos relacionamos com as empresas e marcas, ou com os bens e materiais.

Então, se você quer entender melhor esse universo, bem como os motivos para você utilizar os links patrocinados em seu site, siga adiante na leitura.

Onde os links patrocinados entram hoje em dia?

Os motores de busca se tornaram a página inicial de muitos navegadores de internet, tanto de celulares e outros mobiles quanto de microcomputadores.

De fato, há muitas pessoas que, em vez de escrever na barra de endereço o nome do site que querem visitar (por mais que saibam qual é o domínio), simplesmente jogam a palavra-chave no motor de busca, e acessam pelo link que aparece no topo da página.

Os principais motores de busca da atualidade são:

  • Google;
  • Bing;
  • Yahoo;
  • DuckDuckGo;
  • Ask;
  • Baidu;
  • Entre outros.

Já faz um bom tempo que são divulgados os números de que, anualmente, o motor de busca do Google domina mais de 90% dos resultados totais de buscas ocorridas no mundo inteiro. 

Quando o assunto são as pesquisas mobile, o número aumenta para espantosos 98%, de modo que resta, para todos os demais concorrentes juntos, a soma de 2% do mercado. 

O Google tem uma plataforma de Ads (Advertising, ou “Publicidade”, em português) que inclui soluções em paralelo ao link voltado para o motor de busca: são as de Rede de Pesquisa, as de Rede de Display, as do Google Shopping, entre outras.

A questão da visibilidade e da concorrência

De tudo o que dissemos, já é possível compreender a importância do marketing digital no mundo atual dos negócios e da publicidade. Sendo que, nesse universo, o link patrocinado já é uma das estratégias mais empregadas.

Este é, provavelmente, o maior motivo para lançar mão dele: grande parte da sua concorrência, certamente, já está fazendo isso. Embora isso não diga muito sobre as vantagens da ferramenta em si, é uma dura realidade.

Então, se você trabalha com instalação de elevadores residenciais, por exemplo, e o cliente, quando precisa do serviço, não o encontra ali na primeira página do Google, é certo que encontrará outras soluções idênticas a sua.

Talvez, elas nem sejam tão boas quanto a sua; talvez tenham um preço maior, quem sabe um prazo pior. Porém, não há muito o que dizer, pois o que vale aqui é a boa e velha regra da propaganda, ou seja: “quem não é visto, não é lembrado!”.

Essa regra é geral. Você pode empreender com algo mais popular e apelativo, como alimentos, roupas e tecnologia, ou mesmo com algo mais nichado, como certificações e laudos da área de estabelecimento comercial (como a renovação de AVCB).

Não faz diferença. Em todos os casos é preciso aparecer na hora certa e para as pessoas certas. 

Por isso mesmo, o foco e a promessa centrais dos links patrocinados são, justamente, a visibilidade, o tráfego e a audiência que sua página passará a ter graças a ele.

Para isso, a divulgação ocorre nas plataformas citadas acima, que vão muito além da primeira página do motor de busca. 

Trata-se das redes de pesquisa e display, da sessão shopping do Google, além da presença no Gmail gratuito e até nas redes sociais.

A customização e segmentação da ferramenta

O essencial dos buscadores são as palavras-chave, que, muitas vezes, são intuitivas. Ou seja, caso um grupo de pessoas que precisasse de algo, como resultados na área de consultoria de projetos de arquitetura, provavelmente, se expressaria com essas mesmas palavras.

Por isso mesmo, é preciso que você faça um estudo de quais são as palavras-chave que seus clientes mais utilizam. 

O bacana é que a própria plataforma de anúncios oferece esse tipo de estudo, bem como oferece uma série de parametrizações e análises.

Com isso, a segmentação que você consegue fazer se torna um dos fatores principais da assertividade das campanhas de links patrocinados. 

Assim, ao investir na palavra-chave “construção de piscina elevada”, por exemplo, você sem dúvida atrairá o cliente certo.

Em outros tipos de campanhas digitais, é possível haver uma grande margem de erro, o que acaba atraindo pessoas que parecem desinteressadas. 

Mas, a verdade é que elas, simplesmente, não estavam procurando pelos seus serviços, o que quer dizer que a publicidade foi mal feita.

Portanto, a customização que os links patrocinados permitem é, praticamente, infalível em termos de assertividade e retorno planejado.

Regionalização e definição de horários

Outro aspecto incrível de como é possível personalizar a ferramenta é a questão da regionalização. 

Em outras modalidades de marketing tradicional, e, às vezes, até de marketing digital, é possível seu anúncio chegar a locais que você não atende.

Se a empresa trabalha no setor de demolidora de casas, por exemplo, existe uma limitação natural quanto ao deslocamento de maquinários pesados. Uma campanha que não leva isso em conta, será dispendiosa e pouco funcional.

Já os links patrocinados permitem que você configure a região exata em que você deseja que seus anúncios apareçam, seja a cidade ou mesmo o bairro. Além disso, é possível escolher também o horário em que você quer aparecer.

Assim, se alguém pesquisar por algo como “guincho de moto”, a plataforma entenderá que isso é uma busca emergencial. 

Se ela ocorre fora do perfil que você definiu, como fora do horário em que você atende, o link do seu site não aparecerá.

A eficiência que esse tipo de configuração permite às estratégias, também evita que você perca dinheiro ou crédito, pois ninguém irá clicar à toa nos seus links.

O poder e alcance das tecnologias de ponta

Como é sabido, a plataforma do Google e dos demais motores de busca é administrada por um grande número de robôs e algoritmos. Ou seja, a influência humana, embora fundamental em termos estratégicos, é reduzida em termos operacionais.

Com toda essa tecnologia, não faria sentido que os links patrocinados fossem algo de difícil configuração, acessibilidade e manejo, não é mesmo? Eles foram feitos, justamente, para serem práticos e de fácil manipulação.

De fato, a navegabilidade pela plataforma é bastante intuitiva, e com um pouco de prática qualquer um consegue abrir e administrar suas campanhas. O primeiro aspecto revolucionário dessa facilidade toda é sua praticidade na hora da implementação.

Com poucos cliques você consegue analisar uma palavra-chave específica/nichada como “piso drenante intertravado”, e ver quão promissora ela é para o seu segmento e para a sua estratégia mais ampla.

Após isso, ao dar início à campanha, nos próximos minutos você já começará a aparecer para os usuários que fizerem essa pesquisa dentro dos parâmetros definidos por você. Além disso, a praticidade de reconfigurar as campanhas em andamento também é incrível.

Vamos supor: se você desenvolvesse outros tipos de marketing digital sobre iluminação para piscina de fibra, por exemplo, naturalmente quando o material estivesse pronto, você teria pouca margem para alterações e modificações. 

Já com os links patrocinados não é assim. Por meio deles, é possível fazer ajustes dinâmicos nas campanhas, tais como:

  • Alterar o alcance que elas precisam ter;
  • A região e o horário que você filtrou;
  • Os textos dos anúncios e até as palavras-chave;
  • O orçamento/crédito da campanha;
  • Entre outros pontos.

Por essas e outras, os links patrocinado se tornaram o carro-chefe de praticamente todas as empresas que investem em marketing digital. 

Além disso, ao que tudo indica, a importância deles continuará crescendo nos próximos anos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades do mundo digital.

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A Agência

Somos uma agência comprometidos com resultados para sua empresa ou negócio no mercado digital.

Oferecemos vários serviços comerciais para ajudar nossos clientes a lidar com diferentes problemas e impulsionar seus negócios. Trabalhamos com Google ADS, design, marketing digital, gerenciamento de redes sociais, SEO, soluções personalizadas.

Todos os direitos reservados CesarWeb Soluções Digitais

Open chat
1
Olá podemos te ajudar? Basta clicar no BOTÃO VERDE abaixo que falaremos com você ! Até logo.
Powered by