conteúdo humanizado

Compartilhe com os amigos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Para que uma companhia tenha destaque atualmente, de forma a conquistar uma posição de relevância no mercado, é preciso de algo que vá além da qualidade dos seus produtos e serviços, sendo preciso trazer algo de diferente, como um conteúdo humanizado.

Ou qualquer tipo de estratégia que possa estar associada  à maneira com que os seus negócios são percebidos por parte da sua audiência, sendo preciso ser visto como algo que está além de um negócio, mas sim como uma solução para os seus problemas.

Sendo a ação pela qual as marcas buscam associar o seu nome a sentimentos e ações específicas, para que sempre que alguém sinta sede ao passear na rua em um dia quente, ela veja em um copo a solução para suas questões, junto ao apelo de refrescância.

Assim como uma assessoria trabalhista busca estar associada à concepção de segurança, para que seja possível garantir a confiança por parte dos clientes que procuram pelos serviços desse tipo de escritório, diante sua necessidade ligada a uma causa similar.

A chegada da internet e das plataformas digitais apenas multiplicou essa abordagem diferenciada a ser adotada pelas marcas, ao terem contato com um público muito mais reativo, capaz de expor suas opiniões sobre os produtos e serviços consumidos.

Dessa forma, é preciso alcançar a expectativa criada em cima de seu mercado. Para que seja possível agradar não apenas o seu público-alvo, mas também qualquer ativo da internet que possa estar associado à sua marca, capaz de interferir na imagem da mesma.

Como em um serviço financeiro de antecipação de duplicatas a ser realizado por uma entidade bancária. Por mais que ela trabalhe com um público segmentado de clientes, se envolver em uma crise de imagem pode prejudicar o nome desta corporação com todos.

Dificultando para essa companhia manter os seus atuais clientes, e da mesma forma, conseguir a atenção de indivíduos em potenciais, que poderiam se tornar associadas a sua agência, mas preferi me afastar por não ter confiança em seus serviços.

Por isso, é importante apostar em estratégias diferenciadas no mercado, hoje, para que seja possível ter uma relação mais complexa junto ao seu público, criando uma conexão que ultrapasse as transações comerciais que ali serão realizadas.

Dentre essas possibilidades, se destaca a produção de conteúdo, como uma das estratégias de mercado mais populares no cenário atual.

Como funciona a produção de conteúdo?

O marketing e conteúdo está associado a uma estratégia de produção de estudos que possam ser consumidos por uma audiência geral, seja de consumidores da sua empresa ou não, ajudando a fortalecer a relação desse público com a marca.

A partir disso, torna-se mais fácil para a mesma adotar práticas mais diretas de publicidade, junto a uma audiência que pode ter revelado ter interesses nos produtos e serviços dessa companhia, após o comportamento deste usuário diante dos seus conteúdos.

Como uma empresa de serviços de desenvolvimento de software, que alimenta frequentemente um blog institucional, trazendo informações sobre o mercado tecnológico, incluindo dados específicos sobre os seus novos produtos, despertando novos interesse.

Uma forma de alimentar a recepção sobre os seus produtos, mesmo que de forma indireta,através de uma peça que não necessariamente está associada à comercialização de suas mercadorias, como acontece em uma peça de publicidade.

O marketing de conteúdo costuma trabalhar com uma série variada de formatos, a depender do modelos que pode apresentar melhores resultados de acordo com o tipo de público que a sua empresa busca atingir, a partir de modelos como:

  • Vídeos;
  • Postagens em redes sociais;
  • Textos em sites e blogs;
  • Podcasts;
  • Infográficos.

Uma variedade de formatos de conteúdo que qualquer tipo de negócio, como uma empresa de limpeza pós obra terceirizada, pode adotar junto aos seus negócios, em busca de aproximar-se de uma possível nova parcela de público por meio diferenciados.

No entanto, após a adoção cada vez maior desse tipo de estratégia, pelos mais diferentes setores do mercado, passou a ser importante aprofundar esse tipo de conteúdo, associando a emoção para que fosse possível aproveitar melhor os resultados a ele associados.

E a partir disso surge um conceito que hoje podemos chamar de conteúdo humanizado.

O que é um conteúdo humanizado?

Esse modelo de conteúdo surge como uma evolução da estratégia de marketing que se tornou popular entre as empresas. Trata-se do mesmo tipo de tática de mercado, no qual uma marca busca se associar ao seu público a partir de um conteúdo específico.

A maior diferença nesse sentido está nas particularidades dessa produção, que visa não somente disponibilizar um conteúdo, que possa ou não estampar o título de uma empresa. Um conteúdo humanizado tem o objetivo principal de despertar emoções em sua audiência.

Buscando assim fazer uma conexão direta com o seu público, a permitir que uma companhia possa ser reconhecida pelo diferencial dos seus serviços, através da associação dos seus produtos e serviços com um sentimento específico.

Dessa forma, é possível citar as atividades de um sistema de gerenciamento de transporte, que ao vincular as suas atividades ao sentimento de segurança, fará com que os seus clientes tenham uma maior confiança ao contratar esse tipo de serviço, por exemplo.

É possível trabalhar essa conexão através das tradicionais campanhas de publicidade, contudo, ao se fazer isso junto à produção de um conteúdo especializado esse objetivo pode ser alcançado de forma mais rápida e eficaz, criando uma relação com seu público.

A partir de uma estratégia que permita não só compreender as motivação e necessidade de um cliente, mas sim colocar disponível no mercado um conteúdo que irá corresponder diretamente a tais tópicos, abordando-os de forma distante do propósito comercial.

Por meio de uma técnica que esteja mais alinhada às emoções do consumidor, criando uma imagem humanizada para essa marca, a facilitar desse modo uma relação entre a empresa e o público que pode consumir dos seus produtos e serviços.

Porém, para garantir que esse tipo de associação emocional seja possível entre uma marca e os seus consumidores, é preciso garantir que a produção de seu conteúdo esteja alinhado aos interesses tanto da empresa como do público.

Como produzir um conteúdo humanizado de qualidade

É fácil pensar na importância de ter um conteúdo humanizado quando se pensa em negócios que estão associados a mercados mais humanos, como no setor de saúde, por exemplo. Porém, a importância dessa estratégia é muito maior que isso.

Até mesmo quem trabalha com um sistema de nota fiscal eletronica pode ter os seus serviços aprimorados ao apostar em uma abordagem mais humana junto aos seus serviços, permitindo com que os seus clientes vejam sua companhia com um olhar diferenciado.

E para que isso seja possível, é preciso estar atento a algumas particularidades relacionadas à produção de um conteúdo humanizado.

A persona do público

Os interesses e comportamentos de um público acabam por dizer muito sobre o tipo de estratégia que deve ser adotada pelas empresas, para que sejam possíveis e conectar aos interesses de uma companhia em específico, incluindo a produção desse tipo de conteúdo.

Desenvolver uma persona do seu público, ou seja, uma representação fictícia do seu perfil de público, pode ser uma maneira de facilitar no entorno do tipo de octopus ser realizado.

O tom da conversa

O estilo de diálogo adotado na produção de um conteúdo pode ser importante para a melhor execução do mesmo, ainda mais quando se busca adotar uma abordagem mais humana.

Um diálogo informal, por exemplo, pode fazer com que uma empresa de produtos para maquina de cafe consiga vender melhor, ao associar seus produtos como algo de importância para o consumidor, porém de forma prudente, quase como um conselho.

Propósitos distintos

As razões por trás de uma produção de conteúdo humanizado podem ser várias, a acompanhar uma série diferenciada de formatos, através de uma relação que passa por diferentes objetivos e informações a serem conquistados, como:

  • Campanhas institucionais;
  • Atendimento pré e pós venda;
  • Satisfação sobre o produto;
  • Imagem da companhia.

Questões capazes de definir quais serão os tipos de estratégias a serem adotadas por uma companhia, incluindo nesse caso a presença de um conteúdo humanizado, que acompanhe os propósitos específicos de uma marca diante da adoção dessa prática.

Storytelling

Por fim, é importante citar o storytelling como uma estratégia importante do mercado, através da criação de conteúdos que sigam uma linha específica, como uma história que une os objetivos de uma empresa às necessidades do seu público.

Um conteúdo humanizado permite melhores soluções nesse sentido, sendo mais fácil para uma audiência se conectar a história contada por uma marca quando existe um teor emocional envolvido nessa situação.

A permitir que uma empresa específica, como uma auditoria independente, consiga se destacar no mercado, ao apostar em uma estratégia de comunicação que leve em conta a associação dessa empresa com o seu público.

Tudo para que seja possível expandir as atividade de má companhia, a partir de uma estratégia que busca fomentar a relação comercial entre as empresas e o seu público, por meio de práticas que destaquem o lado humano e social dessas companhias.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Postagens que podem ser do seu interesse