marketplace

Compartilhe com os amigos

O marketplace é um modelo de negócios que tem ajudado inúmeras pessoas e empresas ao redor do mundo, sendo muito eficaz para que pessoas conheçam novas organizações, assim como promover um bom atendimento e bons produtos para as empresas.

Sendo um recurso muito útil para diversas marcas, essa é uma estratégia de negócios que vem se mostrando cada vez mais eficiente e, além de alavancar e muito as vendas, é uma excelente alternativa para deixar o processo mais prático.

Com isso em mente, o texto de hoje abordará porque a sua consultoria azure ou outro negócio precisar estar no marketplace, explicando o seu conceito, suas vantagens e benefícios, assim como algumas dicas de aplicação.

Entenda mais sobre o conceito de marketplace

Definitivamente, o mundo não é como antes. Antigamente, converter clientes, atraí-los para o seu negócio e fazer com que fossem fiéis a sua marca, era bem mais difícil e as pessoas se mostravam cada vez menos interessadas nas diferentes abordagens.

Com a chegada do e-commerce, as coisas começaram a mudar e, mesmo as empresas focadas em desconto de duplicatas factoring, entenderam que é impossível barrar esse avanço, portanto, nada mais justo do que se juntar a ele.

Existem diversos sites que começaram com a ideia do marketplace e diversas pessoas começaram a investir nesse modelo de negócios, principalmente por ser muito inclusivo e fazer com que mesmo pessoas autônomas consigam um dinheiro extra.

Os marketplaces são uma espécie de plataforma online, onde diversas pessoas e empresas podem vender produtos, sejam dentro de pacotes ou únicos, possibilitando preços mais acessíveis e permitindo que haja interação entre diversos usuários ao redor do mundo.

Ou seja, mesmo que aquele fornecedor de material de limpeza seja bom, mas seus preços estejam pouco acessíveis, é possível encontrar outros produtos no marketplace vendido por pessoas e, a partir disso, fazer com que todo um mercado gire.

É uma espécie de rede onde existem diversos comerciantes e pessoas vendendo produtos e, a partir disso, um leque de oportunidades é aberto em diversas lojas, gerando muita variedade para aqueles que buscam comprar seus produtos no marketplace.

Sendo assim, os tópicos a seguir irão melhor abordar esse conceito e explorar as vantagens e benefícios que isso traz para a sua empresa, mostrando como até mesmo uma distribuidora de papel toalha consegue investir nesse mercado, basta estudar como.

O impacto de um marketplace

Embora o conceito de marketplace não seja novo, foi através do crescimento da internet que ela ficou em mais evidência, afinal, o e-commerce, os meios de pagamento online e até mesmo o maior investimento das empresas colaboraram para essa expansão.

Porém, é interessante entender que um e-commerce e um marketplace são diferentes entre si. Enquanto o e-commerce é um loja de uma marca, o marketplace é um conjunto de pessoas ou marcas que vendem produtos em determinada plataforma.

Claro que é um pouco mais difícil de conseguir emplacar seu negócio focado apenas nisso, mas, da mesma forma que é necessário saber se organizar para dar certo com, por exemplo, uma fabrica de farinha de trigo, com o marketplace, é necessário conhecer o mercado e estudá-lo ao máximo.

Quando pensamos em um estilo de negócios como esse, alguns benefícios e vantagens podem ser destacados, como:

  • Muito mais prático;
  • Maior variedade para os clientes;
  • Preços bastante acessível;
  • Bastante visibilidade quando bem aplicado;
  • Maior autoridade dentro da plataforma.

É possível perceber que o marketplace tem muito a agregar e a contribuir com o valor e com as estratégias de vendas de sua empresa, principalmente quando estamos pensando em empresas pequenas ou médias, que fidelizar os clientes e estar mais próximo deles é mais importante do que nunca.

Claro que muito vai depender da maneira como se aplica essa estratégia. Pensemos, por exemplo, em fabricantes de máquinas para indústria de alimentos, esse mercado pode parecer bastante fechado, mas é possível vender as peças do maquinário no marketplace.

Em outras palavras, é bastante possível e indicado, tudo dependerá da maneira como se é pensado e como é trabalhado as diversas possibilidades que esse método de vender seus produtos traz, principalmente com o impacto positivo que ele mostra nos resultados.

Veja como atuar em um marketplace

Agora que ficou mais claro como funciona o marketplace e os seus benefícios, chegou o momento de entender como aplicá-lo na prática e conseguir usufruir ao máximo dessa estratégia de negócios, seja a sua empresa uma logística ou uma assessoria contábil.

Os tópicos a seguir irão reunir algumas informações de qualidade e que podem fazer a diferença entre o sucesso da sua tentativa ou o fracasso. Sendo assim, confira-os e compreenda um pouco melhor.

01 – Pesquise na plataforma

Assim como em um comércio comum, pessoas que decidem abrir um negócio, uma empresa, pesquisam o mercado e tentam compreender melhor as oportunidades e o que ele pode oferecer para a sua organização.

Quando pensamos no marketplace, sua empresa de desenvolvimento de software, por exemplo, precisa saber qual o preço que os concorrentes estão cobrando pelo mesmo produto que você, como eles realizam o atendimento, quais os pontos fracos da concorrência e como você pode conseguir vantagem nisso

Também é interessante pesquisar sobre quais produtos estão em falta ou quais precisam de mais mão de obra, para que assim a sua organização consiga crescer onde o próprio marketplace e seus concorrentes não conseguem atender.

02 – Escolha muito bem a plataforma

É de suma importância que a sua empresa saiba escolher muito bem o marketplace no qual irá investir, tanto quando se pensa na questão de popularidade da plataforma, quanto nas taxas de cobrança da empresa e do consumidor.

No momento do cadastro, as taxas podem variar bastante, principalmente por causa do nível de divulgação escolhido pela marca. Quanto maior a necessidade de divulgação dos produtos da plataforma, maior será a quantidade cobrada da empresa.

Essa taxa, normalmente, pode variar entre 9% e 30%, porém, dependendo da plataforma, essa distância pode ser maior ou menor. Por isso é tão necessário que se pense muito antes de investir todo o seu negócio em apenas um site.

Também pense naqueles que mais fazem sucesso entre os clientes, e também a plataforma que mais oferece suporte. As pessoas gostam de comprar algo e se sentir seguras na compra e, sem o devido suporte, é provável que a sua organização perca alguns clientes.

03 –  Saiba se vender

Como dito nos tópicos anteriores, existe uma certa divulgação que a própria plataforma faz para ajudar nas vendas, mas ela não faz milagre. Não existe produto que seja vendido quando a empresa não se esforça para fazer um bom marketing dele.

É preciso investir em uma boa descrição do produto, boas fotos que mostrem o seu real tamanho e que demonstre a realidade dele. Existem muitas empresas e pessoas que mentem nas fotos e fazem parecer que o produto é uma coisa, quando na verdade não é.

Invista em uma descrição bastante detalhada e com informações diretas, que não tenham ambiguidade e que possam gerar dúvidas do consumidor. Quanto mais claro e objetiva for a descrição, mais confiante se sentirá o lead e maior a probabilidade dele comprar.

Peça notas de avaliação dos clientes, incentive que eles comentem após a compra em mensagens e demonstre estar interessado nas opiniões deles. Quanto melhor e mais direta for essa relação entre empresa/consumidor, melhor será a reputação da marca.

04 – Utilize as redes sociais

Ainda sobre a empresa saber se vender, as redes sociais são incríveis ferramentas de marketing e a sua empresa deve estar lá e divulgar seus produtos através dela. Muitos usuários podem nem saber que a sua organização trabalha com marketplace.

Por isso, a utilização de postagens e stories no Facebook e Instagram, por exemplo, ajudarão e muito a aumentar o alcance da marca e ajudar com que mais pessoas conheçam o seu trabalho e, consequentemente, aumentar o número de clientes e a taxa de conversão.

Considerações finais

O texto de hoje abordou algumas razões que mostram o porquê a sua empresa deve estar em um marketplace, explorando os diversos benefícios e vantagens, assim como modos de realizar a aplicação dele em sua empresa, visando uma grande estratégia de negócio.

As plataformas estão em constante evolução e, com o avanço da tecnologia e o auxílio da internet, cada vez mais funcionalidades irão surgir, facilitando muito a vida das empresas e oferecendo cada vez mais possibilidades para os usuários.

Busque formas de implementar a essência da sua empresa ao longo do processo e estude como aproveitar ao máximo esses marketplaces, tendo cada vez mais sucesso e usufruindo de todos os benefícios que ele pode trazer para a organização.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Postagens que podem ser do seu interesse

Abrir WhatsApp
1
Fale Conosco
Olá;
Podemos ajudar? Clique no BOTÃO ABRIR para falar conosco pelo WhatsApp