Links patrocinados: entenda sobre sua importância

Links patrocinados: entenda sobre sua importância
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Links patrocinados: entenda sobre sua importância

O marketing digital é um conceito muito amplo, que envolve inúmeras estratégias, incluindo a construção de links patrocinados. Também conhecidos como anúncios pagos, eles são extremamente úteis no alcance de resultados a curto prazo.

 

Contudo, não basta somente o investimento financeiro, é necessário saber como elaborar e produzir links patrocinados atrativos ao público, para que você tenha o aumento no tráfego do seu site, maior conversão de leads (potenciais clientes), entre outras garantias.

 

O artigo de hoje trata da importância dos links patrocinados para a sua estratégia de marketing, bem como algumas maneiras de implementá-los e, assim, obter ótimos resultados. Acompanhe a leitura!

O que são links patrocinados?

Ao pesquisar algo no Google, por exemplo, um almoço de casamento, nos deparamos com vários resultados de pesquisa, entre eles, alguns se destacam no topo, como anúncios. Esses são os links patrocinados.

 

Portanto, de forma bem simples, podemos dizer que esses links consistem em anúncios pagos, em forma de texto (ou material ilustrativo), que pode ser visto nos mecanismos de busca, entre outros canais online, incluindo as redes sociais.

 

Ou seja, a maior característica dos links patrocinados é justamente o investimento. Em geral, esse pagamento pode ser feito de diversas maneiras, sendo elas:

 

  • CPC (Custo por clique);
  • CPM (Custo por mil impressões);
  • CPA (Custo por ação);
  • CPV (Custo por visualização).

 

Além disso, os valores pagos dependem do modelo de anúncio e da palavra-chave escolhida pelo anunciante.

 

Por exemplo, se “locação de videogame” é uma das palavras-chaves mais procuradas no Google, o valor para um link patrocinado com esse termo tende a ser maior, em comparação com outro conjunto de palavras.

 

No entanto, independentemente do tipo de investimento, os anúncios pagos costumam trazer bons resultados. 

Por esse motivo, é cada vez mais comum a inserção dos links patrocinados nos planejamentos de marketing digital.

4 vantagens dos links patrocinados

Há muitas críticas em relação aos links patrocinados, visto que a estratégia não foca na geração de tráfego orgânico, isto é, não pago.

 

Porém, é possível encontrar um ponto de equilíbrio entre o investimento em anúncios e na construção de estratégias para aumento de visitantes organicamente. 

 

Afinal de contas, os links patrocinados têm inúmeras vantagens. Veja abaixo!

1 – Facilidade para escalar a página

Quando procuramos uma cenografia para shows, bem como qualquer outro assunto na internet, a tendência é fazer uma pesquisa no Google.

 

Muito disso, deve-se à popularidade do buscador, que é considerado um dos maiores sites do mundo online.

 

Por esse motivo, muitas páginas querem alcançar uma boa classificação no buscador, já que os primeiros resultados têm maior número de conversões.

 

Mas, ter uma boa classificação somente com estratégias orgânicas requer algo a longo prazo e, nem sempre, esse é o objetivo.

 

O investimento em links patrocinados torna o escalonamento das páginas muito mais rápido. 

 

Além disso, é possível começar com uma quantia menor e ir aumentando aos poucos, conforme a análise de resultados.

 

Essa é uma estratégia excelente para quem está começando agora na internet.

 

Por exemplo, uma empresa de fotografia para eventos que acabou de criar seu website pode ter um anúncio pago, para obter reconhecimento em um prazo mais curto.

2 – Facilidade de mensuração

Toda e qualquer ação de marketing precisa ser mensurada. Desse modo, é possível compreender o que deu certo e o que não deu, dentro de uma determinada estratégia, bem como as maneiras de melhorar as próximas campanhas.

 

Diante disso, as principais plataformas de links patrocinados contam com métricas de fácil mensuração dos resultados, com relatórios detalhados com as informações essenciais para o anunciante.

 

Sendo assim, ao patrocinar um anúncio sobre salgados para festa infantil, é possível ter em mãos dados sobre os principais interessados no seu produto, quem viu o anúncio, de qual localidade, entre outros.

3 – Rapidez na otimização de campanhas

Quem está começando agora no marketing digital pode ter alguma dificuldade na elaboração de campanhas, visto que é necessário ter alguns conhecimentos como segmentação de público e direcionamento.

 

Com os links patrocinados, toda a otimização de ações em marketing torna-se mais simples e rápida, pois as plataformas oferecem anúncios praticamente prontos.

 

Desse modo, se um site quer investir em um anúncio sobre aluguel de iluminação de festa, o próprio link patrocinado oferece algumas opções para o anunciante, sem que ele precise personalizar sozinho a campanha.

4 – Fortalecimento da marca

Ao aparecer no Google, bem como nas redes sociais e outros canais da internet, a sua marca vai se fortalecendo e obtendo reconhecimento no mercado. 

 

Como consequência, as pessoas passam a falar e visitar mais a sua página web.

 

Ou seja, os links patrocinados ajudam o seu e-commerce de tendas sanfonadas, por exemplo, a aumentar a credibilidade perante o público, o que interfere diretamente no aumento de vendas.

 

Afinal de contas, as pessoas tendem a comprar em sites que confiam e marcas reconhecidas.

Links patrocinados no Google Ads: saiba como criar anúncios

Uma das plataformas mais conhecidas de links patrocinados é o Google Ads. O canal é responsável por 95% da receita do Google, sendo conhecido como uma das maiores ferramentas de divulgação e marketing digital.

 

Por conta disso, grande parte dos links patrocinados é feito através do Google Ads.

 

Como dito anteriormente, os custos envolvidos irão depender de muitos fatores, incluindo a escolha de palavras-chave.

 

No entanto, criar uma campanha no Ads é algo simples. Veja o passo a passo:

 

  1. Escolha as palavras-chave relacionadas ao seu negócio;
  2. Visualize os custos para cada palavra-chave;
  3. Crie um conteúdo para o anúncio;
  4. Escolha o perfil do público-alvo;
  5. Escolha o orçamento diário e a duração do anúncio.

 

Importante ressaltar que o Google Ads também conta com variedades no tipo de anúncio. 

 

Quer dizer que, é possível criar um link patrocinado em texto sobre limpeza para eventos, mas também em vídeos ou conteúdos interativos.

Os tipos de anúncios no Google Ads

Entre os principais tipos de anúncios no Google Ads, destacam-se o modelo de pesquisa, exibição e vídeo. 

 

Vamos abordar algumas características de cada um desses links patrocinados. Veja abaixo:

Anúncios de pesquisa

São os links que aparecem entre os resultados de pesquisa do Google. Eles são os mais famosos, visto que podem ser usados em conjunto com estratégias de SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para mecanismos de busca.

 

A principal vantagem é que o seu site aparece dentro do maior buscador da internet e, com isso, as pessoas passam a conhecer mais a sua página web.

 

Vale dizer que é possível inserir anúncios de pesquisa responsiva, ou seja, com versões adaptadas do seu site para dispositivos móveis. No Ads, há modelos com 15 versões para títulos diferentes, e 4 versões para textos.

 

Os anúncios responsivos também permitem a criação de um conteúdo dinâmico, para que o link patrocinado chegue da maneira mais adequada para o público-alvo.

Anúncios de exibição

São os links patrocinados que aparecem na Rede de Display do Google. Geralmente, esse modelo de anúncio é pago por clique ou por impressão.

 

A principal vantagem desse tipo de conteúdo é a possibilidade de apresentar aos usuários imagens atrativas, que tendem a despertar mais atenção do que somente os textos.

Anúncios em vídeo

Como o próprio nome já diz, os anúncios em vídeo são elaborados com recursos audiovisuais. 

 

Por esse motivo, eles tendem a aparecer na plataforma de vídeos mais usada em todo o mundo: o YouTube.

 

Esse link patrocinado pode aparecer antes, no meio, ou depois de algum conteúdo exibido no YouTube. 

 

Desse modo, enquanto o usuário consome um determinado material na rede, ele também se depara com um anúncio.

 

É importante ressaltar que o YouTube também é usado como mecanismo de pesquisa, portanto, não se pode esquecer de criar o link com as palavras-chaves corretas, relacionadas ao seu negócio e pesquisadas pelos usuários.

Conclusão

Como podemos ver, há muitas vantagens no investimento em links patrocinados.

 

Mas, isso não quer dizer o abandono de outras estratégias não pagas, como o SEO, marketing de conteúdo, inbound marketing, entre outros. 

 

Ao contrário, é possível incorporar campanhas patrocinadas e gratuitas.

 

Desse modo, o seu site ganha duas vezes: tanto com o tráfego orgânico quanto com o maior alcance de resultados a curto prazo.

 

Além do mais, vale dizer que há outras ferramentas de anúncios e links patrocinados disponíveis na internet, inclusive para as redes sociais.

 

Entre elas, destaca-se o Facebook Ads, que tornou-se bastante popular com o crescimento das redes.

 

Assim, ao investir em um anúncio, é preciso considerar as especificações de cada canal de divulgação, para que o conteúdo seja altamente direcionado, assertivo e traga bons resultados na campanha de marketing digital.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades do mundo digital.

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email