banco de dados

Compartilhe com os amigos

Os clientes são um ativo valioso para as empresas, e ter um banco de dados de clientes confiável pode ajudar sua empresa a rastrear e reter sua base de consumidores – algo muito desejado nos dias de hoje.

Um banco de dados de clientes é um documento com detalhes dos clientes e informações confidenciais que uma empresa mantém. 

Assim, ele é usado principalmente para retenção de clientes, aquisição e desenvolvimento deles, inclusive, os profissionais de vendas e marketing costumam usar bancos de dados de clientes ao tomar decisões críticas de vendas.

O banco de dados armazena informações sobre os clientes, como:

  • Padrões de compra;
  • Dados pessoais como e-mails e números de telefone;
  • Demografia;
  • Detalhes da última interação.

Essas informações ajudam as organizações a entender melhor seus clientes e desenvolver produtos e serviços que melhor atendam às necessidades de seus clientes.

Por que os bancos de dados de clientes são importantes?

Ter um banco de dados de clientes atualizado pode ajudá-lo a obter insights valiosos de seus clientes, transformando-os em decisões de vendas. 

Por exemplo, usando um banco de dados existente de sua consultoria administração empresarial, você pode notar que um de seus serviços vende principalmente para clientes entre 20 e 35 anos de idade.

Isso pode ajudá-lo a promover a venda do então serviço em plataformas de mídia social onde pessoas dessa faixa etária visitam com frequência. Além disso, um banco de dados de clientes também ajuda você a criar relacionamento com eles.

Por exemplo, você pode contatá-los e informá-los sobre novos modelos de exaustores, atualizações de produtos e notificá-los sobre suas estratégias para manter sua base de clientes atualizada de sua empresa que vende exaustor.

Como criar um banco de dados de clientes

Entender como criar um banco de dados de clientes bem-sucedido pode contribuir para o sucesso de seus esforços de marketing e vendas. Considere as seguintes etapas abaixo para criar um banco de dados de clientes:

Defina as funções do banco de dados

É importante definir e entender as funções do banco de dados do cliente. Um sistema de banco de dados de clientes eficaz deve desempenhar as quatro funções do gerenciamento de relacionamento com o cliente:

  • Funções operacionais;
  • Funções colaborativas;
  • Funções analíticas;
  • Atividades estratégicas.

O gerenciamento operacional do relacionamento com o cliente depende do banco de dados da direção estratégica relacionada para ajudar no funcionamento diário da organização. 

Por exemplo, um anfitrião de fábrica de camisetas promocionais pode acessar dados do histórico de um cliente para determinar que tipo de tecido e qual tamanho provavelmente o cliente pedirá.

Um banco de dados colaborativo é uma parte importante do alinhamento dos canais de distribuição com os parceiros que atendem os clientes finais.

As funções analíticas de relacionamento com o cliente, por sua vez, usam dados para apoiar os esforços de marketing e criar valor para os clientes.

Por exemplo, uma empresa de elétrica industrial pode fornecer um desconto especial e exclusivo a clientes regulares a partir de registros coletados do sistema de banco de dados de clientes.

Relacionamentos estratégicos com clientes exigem informações sobre mercados, clientes, ofertas de mercado, concorrentes, canais de distribuição e a capacidade de identificar novos clientes e métodos que a empresa pode usar para atrair seu público-alvo.

Identifique as fontes de informação

Compreender suas fontes de informação pode contribuir para o sucesso de seu banco de dados de clientes de sua fabricante de manômetro.

Tente coletar informações dos clientes de departamentos de vendas, agentes de marketing, departamentos de serviços e aqueles que tomam decisões estratégicas de relacionamento com o cliente.

Certifique-se de incluir informações sobre os e-mails dos clientes, produtos que eles preferem e suas saudações preferidas.

Se estiver lidando com decisões de relacionamento com o cliente, você pode precisar de um conjunto de bancos de dados completamente diferente. Certifique-se de verificar se você tem acesso a todas as informações críticas.

Selecione o tipo de banco de dados

Você pode armazenar dados relacionados ao cliente em três formas: por meio de bancos de dados hierárquicos, dados de rede e dados relacionais.

O banco de dados hierárquico organiza os dados do cliente em uma estrutura visual simples. Ele é um contraste ao banco de dados de rede, que envolve vincular diferentes informações de clientes a cada proprietário em uma intrincada rede da web.

Já o banco de dados relacional é baseado no digital e é também chamado de banco de dados baseado em relacionamento.

Fatores como o tamanho dos bancos de dados, custo da plataforma e seus usuários podem influenciar na escolha do banco de dados de seu distribuidor fonte chaveada.

No entanto, um banco de dados relacional é uma maneira eficaz de criar, administrar e atualizar os dados necessários. Tabelas na forma de linhas e colunas armazenam os dados em uma tela fácil de monitorar.

Estruture os dados

É importante definir como você planeja estruturar os dados. Isso envolve inserir informações de marketing em segmentos de marketing onde você pode acessá-las para tomar decisões informadas sobre seus esforços de marketing.

Da mesma forma, você pode manter detalhes relacionados a vendas em segmentos dessa área para analisar as informações e aplicar os dados às suas estratégias de vendas.

Para garantir que os dados de marketing e vendas sejam precisos para sua empresa de sistema de geração de vácuo, você pode validar as informações, duplicar os dados e mesclar e comparar dados de duas ou mais fontes.

Expanda o banco de dados

Depois de criar, o próximo conjunto envolve complementar o banco de dados com outras fontes. Para fazer isso, você pode usar dados de detalhes de clientes existentes para pesquisar informações semelhantes usando dados gerados pela campanha. 

Um banco de dados expandido pode ajudá-lo a analisar uma quantidade maior de dados de clientes, aprimorando sua posição nos mercados competitivos.

Você também pode entrar em contato com empresas de dados especializadas que oferecem serviços que podem enriquecer seu banco de dados com informações ausentes, como endereços de e-mail, detalhes de telefone, classificações industriais padrão, contatos e números de funcionários.

Desenvolva um programa de manutenção regular

É importante atualizar os dados comerciais e de clientes para garantir a precisão. Você pode manter seus bancos de dados de clientes atualizados de várias maneiras, como adicionando dados de novas campanhas ou removendo dados de clientes inativos.

Peça aos clientes que atualizem seus registros

Criar personas de compradores pode ser útil para conhecer seus clientes-alvo e seus comportamentos de compra. As organizações bem-sucedidas contam com as personas dos compradores que representam os clientes ideais armazenados em seus sistemas. 

Com os dados corretos, você pode tomar decisões lucrativas de marketing e vendas sobre seu público-alvo.

Uso de banco de dados de cliente

Um banco de dados de clientes ideal pode ajudá-lo a entender e melhorar a rotatividade de clientes. 

Se um cliente de serviço de levantamento planialtimétrico normalmente compra de você toda semana e você percebe que o cliente não comprou no mês anterior, tente pesquisar os possíveis motivos para a alteração dos padrões de compra.

Sua equipe de vendas pode se conectar com os clientes usando os detalhes das plataformas de banco de dados do cliente para incentivar seus hábitos de compra habituais.

Por meio do relatório, você pode criar programas de obsolescência planejada ou produtos complementares para oferecer aos seus clientes, o que potencializa seus esforços de marketing e estratégias de retenção de clientes.

Forneça suporte personalizado ao cliente, pois é importante que um representante de atendimento ao cliente esteja sempre pronto para receber uma chamada dos clientes. 

Com essas informações, o representante do cliente pode fornecer suporte personalizado ao cliente, o que desempenha um papel crucial na retenção de clientes.

Por fim, você pode personalizar a comunicação por e-mail para seus clientes com base em dados de compras anteriores do seu banco de dados, o que pode aumentar suas chances de reter clientes. Isso pode gerar vendas segmentando a lista de e-mail por dados demográficos do cliente.

Centralização e distribuição de informações

Organizar as informações do seu produto em um banco centralizado é a forma mais eficaz de ganhar eficiência e agilidade no lançamento e manutenção de uma loja online.

Para isso, é essencial ter um software de gerenciamento de catálogos que centralize seu banco de dados.

O software poderá ajudá-lo na padronização das informações, que está relacionada à forma como as informações na web são dispostas de forma sincronizada em todos os canais de vendas.

As informações padronizadas garantem que se encontre a mesma informação de qualidade, independentemente do canal que utilizam. 

Os bancos de dados do cliente geralmente são verificados por meio de diferentes dispositivos. Isso é importante para unificar o conteúdo eliminando qualquer inconsistência ao transferir conteúdo entre dispositivos, fontes ou pessoas.

Além de unificar as informações, um software de banco de dados de produtos as centraliza para torná-las acessíveis a qualquer pessoa que tenha acesso.

Ter um software de gerenciamento de catálogos é muito útil não só para o gerenciamento em si, mas também para criar catálogos digitais do zero, como sites ou catálogos instantâneos que você pode compartilhar com qualquer pessoa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Postagens que podem ser do seu interesse