Google

Compartilhe com os amigos

Pessoas que possuem sites, geralmente, fazem a seguinte pergunta: “por que o meu site não aparece no Google?”. Antes de responder essa pergunta, é interessante que você faça a seguinte reflexão: será mesmo que essa é a pergunta correta a ser feita?

 

Inicialmente, existe uma grande diferença entre um site não estar bem posicionado nos resultados de busca, e um site que realmente não aparece no Google. A resposta que faz mais sentido para responder a pergunta acima, é que o seu site pode estar com algo muito grave. 

 

Provavelmente, alguma coisa está impedindo que o seu conteúdo esteja visível para os usuários no Google, e isso não é nada legal.

 

Afinal, se você possui um site que fala sobre ideias de design, e está criando conteúdos sobre embalagem para café, por exemplo, provavelmente seus esforços estarão sendo em vão. 

 

Pensando que esse cenário é muito comum, principalmente para iniciantes, criamos este artigo com o intuito de te ajudar nesse processo de indexação. Confira:

Como indexar um site no Google?

Agora que você já sabe os prováveis motivos que estão impedindo que o seu site seja encontrado, é hora de analisar qual deles pode ser o seu caso, e, finalmente, criar estratégias para resolver esse problema. 

 

De um modo geral, existem várias formas disponíveis para ajudar o maior buscador do mundo a encontrar o seu site. 

 

É importante que você fique atento aos aspectos que serão apresentados, porque eles, na maioria das vezes, são a receita perfeita para indexar qualquer tipo de site, desde uma loja virtual de queimador industrial, até um site de uma empresa. Contudo, as principais são:

 

  • Certificar-se que a página possa ser lida pelo Google;
  • Verificar se existe algum caminho para o site, como uma linkagem;
  • Fazer o cadastro do site no Google Search Console;
  • Trabalhar com conteúdos relevantes. 

 

Para que você possa entender melhor, no decorrer deste artigo, abordaremos melhor como você pode aplicar cada uma dessas estratégias. 

Como saber se a página existe?

O responsável por encontrar páginas na internet através de links, é o próprio robô do buscador, uma tecnologia que, por sua vez, é fundamental para, por exemplo, colocar sites de venda de balança antropométrica digital no mapa. 

 

Esses robôs são capazes de localizar documentos da internet por meio das URLs e, então, leem o seu conteúdo. Mas, antes de você pensar em aparecer no Google, primeiramente, o robô precisa saber que o seu site existe. Para que isso aconteça, você pode recorrer para as seguintes formas:

 

Primeiro: alguém cria o link para seu site a partir de uma página que o Google já conhece. Segundo: a partir de uma inscrição em uma ferramenta que permite que o dono do site avise os robôs que ele existe. Por fim, procure ter um sitemap.XML. 

 

O primeiro passo a ser dado é, de fato, muito importante, afinal você realmente precisa de uma página para que o Google leia a sua informação e lhe insira em seu índice. 

 

Se você possui um site sobre vedação industrial e não está no índice do Google, consequentemente, não terá presença na internet. 

 

Em um primeiro momento, a colocação acima pode até parecer óbvia, mas em diversos casos as pessoas apenas compram um domínio e acreditam que o seu website irá aparecer no Google logo após ter feito a compra. 

 

Nesse caso, o ideal é contratar um desenvolvedor ou uma pessoa que saiba criar uma página na internet. 

O Google pode ser a página?

O próximo passo a ser dado, é fazer a verificação se a página pode ser lida pelo robô do Google. Se não houver essa verificação, até mesmo um site de vendas de mangueira de borracha, por exemplo, não será colocado nas sugestões de pesquisa do buscador. 

 

Para isso, é necessário verificar, através da ferramenta SEO-Browser, como o Googlebot lê e entende o conteúdo que está em sua página. 

 

É importante pontuar que a sua página deve retornar o código 200 no seu cabeçalho. O teste pode ser realizado facilmente por meio das ferramentas que alguns sites disponibilizam na internet.

Crie seu cadastro no Google Search Console

Outra forma interessante para fazer com que o seu site esteja nas páginas do Google, é realizando um cadastro no Google Search Console. 

 

Ou seja, além de usar técnicas de SEO, onde pesquisas do tipo “telha sanduíche preço possibilita a aparição do site nos primeiros lugares, estar no Search Console também é importante. 

 

Trata-se de uma ferramenta gratuita, que tem o objetivo de ajudar webmasters a terem informações úteis sobre seus sites. 

 

Após fazer o cadastro, verifique a propriedade do site, ou seja, se você possui um site sobre planta piloto mineração, por exemplo, certifique-se de mostrar que o site é administrado por você mesmo. 

 

Nesse caso, se você já tem o Google Analytics instalado, já é possível fazer essa verificação através dele. Por outro lado, se você não tiver o Google Analytics instalado, há a opção de incluir uma tag dentro do seu site. 

 

No Search Console, na barra superior, adicione a URL da página e espere a validação. Caso esteja no Google, não existe outra alternativa a ser adotada, já que ele já está apta para aparecer nos resultados do buscador. 

Como criar um sitemap.XML

Em resumo, estamos falando de um arquivo do protocolo SITEMAP XML, onde são listadas as URLs do seu site. Para fazer a criação no WordPress, é necessário usar o plug-in Yoast SEO. Ele possui uma funcionalidade que possibilita essa função. 

 

Durante o processo de configuração, é possível adicionar páginas para serem indexadas. Contudo, o mais interessante é que, após ter feito todos os ajustes, o arquivo atualiza automaticamente todas as vezes que você fizer uma nova postagem. 

Há algum caminho para a sua página?

A maioria das pessoas pensam que o Google irá encontrar o site, automaticamente, e colocá-lo em suas sugestões de pesquisa. 

 

Entretanto, além de técnicas de SEO por meio de pesquisas do tipo “torre de iluminação preço é importante, também, trabalhar com outros aspectos. Não basta apenas criar um site. 

 

Na verdade, o Google e outras ferramentas de pesquisa, utilizam o sistema de links, que conectam documentos na internet, para descobrir novas páginas e conteúdos. 

 

Ou seja, para que a sua página seja encontrada, é necessário que ela tenha referências (links). Nesse caso, é interessante contar com links produzidos dentro do seu conteúdo ou ainda algum outro website que produza uma referência para você. 

 

Dentro desse contexto, existe uma dica que pode ser essencial, que é a criação de um caminho para o Googlebot acessar o seu conteúdo através de links do seu website. 

 

Logo após isso, tenha em mente que você pode iniciar com um trabalho de cadastro em diretórios, que por sua vez, é um processo baseado em acessar um website onde você pode deixar uma referência para o seu website. 

 

É importante que você utilize também as redes sociais, como o Facebook e o Instagram, para indicar a amigos e parceiros de negócio que o seu site existe, ou ainda, que uma nova página foi criada. 

 

De um modo geral, existem várias outras técnicas para tornar o seu site popular. Entretanto, o nosso objetivo aqui é que você consiga criar um caminho inicial para o seu site. 

Você trabalha com conteúdos relevantes?

Por fim, temos o último tópico a ser abordado com relação aos trabalhos que devem ser feitos para o seu site aparecer no Google. 

 

Atualmente, ainda existem pessoas que não acreditam que desenvolver conteúdos relevantes é importante para criar uma presença na internet. Mas, na verdade, o Google sabe muito bem avaliar a qualidade de um conteúdo. 

 

Por exemplo, o maior buscador do mundo consegue identificar se um conteúdo foi copiado de outro. Casos como esse são chamados de conteúdo duplicado, e é o tipo de coisa que o Google não gosta muito. 

 

É importante que você se lembre que, um dos maiores objetivos do Google é fornecer uma experiência de navegação satisfatória para os usuários. Ou seja, o usuário irá pesquisar por algo, e ele precisa encontrar o que está procurando. 

 

Portanto, a partir do momento que você começa a trabalhar com conteúdos relevantes e de qualidade, o Google começa a entender que o seu site tem potencial para oferecer uma experiência satisfatória ao usuário. 

Conclusão

Neste artigo, procuramos reunir todas as informações que são importantes para que você possa começar o processo de indexação no Google. 

 

Ter um site indexado no Google recusa argumentos para provar a importância dessa indexação, afinal, é por esse motivo que grandes marcas como, Nike, McDonald ‘s, PUMA, Americanas e Renner, por exemplo, fazem tanto sucesso com seus produtos. 

 

É importante pontuar que, para indexar um site no buscador, requer tempo e paciência. Afinal, você pôde ter percebido que, tudo isso, na verdade, é um processo baseado em etapas. 

 

Entretanto, quando você decide respeitar estas etapas e construir, autenticamente, a sua imagem na internet, é questão de tempo para que o seu site se torne uma, ou a maior referência do assunto buscado. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Postagens que podem ser do seu interesse

Não vá embora ainda!
Descubra nossas ofertas exclusivas antes de partir!

Preencha o formulário abaixo para receber a oferta!

Obs.: NÃO ENVIAMOS SPAM

Precisa de Ajuda? Converse Conosco