5-dicas-para-melhorar-sua-conversão-de-leads
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

5 dicas para melhorar sua conversão de leads

No marketing digital, chamamos de leads os potenciais consumidores de uma marca, isto é, os usuários que demonstraram interesse em consumir o produto ou serviço de uma empresa. 

Eles podem afirmar esse desejo por meio do preenchimento de formulários para acesso de conteúdos valiosos, ou simplesmente pelo contato direto com vendedores.

Portanto, o lead é aquele usuário que está ao alcance da empresa, que passa a fazer parte do funil de vendas da empresa, para que a equipe de marketing e vendas unam esforços para resultar no fechamento do negócio.

Considera-se como funil de vendas a representação gráfica da jornada de compras do cliente, com as seguintes divisões: topo do funil (descobrimento), meio do funil (consideração), fundo do funil (compra) e pós-venda.

Só que um dos maiores problemas enfrentados pelos profissionais de marketing é a baixa taxa de conversão de leads. 

Mesmo concentrando esforços em divulgação e aumento do tráfego orgânico, os visitantes apenas conhecem o seu negócio, mas se convertem em leads, com reais chances de fazer uma compra.

Por esse motivo, a taxa de conversão de leads é um dos indicadores de desempenho mais importante para o Marketing Digital. Quando ela vai bem, significa que o seu empreendimento está prosperando e que as campanhas são eficazes.

No entanto, não é tão simples assim alcançar um bom número de potenciais clientes. Aliás, para qualquer negócio, seja uma fábrica de display ou um e-commerce de produtos eletrônicos, ter uma boa taxa de conversão de leads é uma batalha diária.

Afinal de contas, os usuários estão cada vez mais conscientes do seu valor enquanto consumidores de produtos, serviços e de conteúdo. Por isso, as estratégias devem ser bem segmentadas, com campanhas poderosas para atrair visitantes e transformá-los em leads.

O artigo de hoje vai trazer 5 dicas para melhorar sua conversão de leads e ter sucesso na estratégia de marketing digital. Acompanhe a leitura!

1 – Otimize as etapas do funil de vendas

Uma das melhores formas de melhorar a conversão de leads é otimizando as etapas do funil de vendas. Quer dizer, “alargando” as transições para que as pessoas possam conhecer ainda mais sobre os produtos e serviços, para serem convertidos no final.

Nesse sentido, para otimizar esse processo é necessário prestar atenção em todos os estágios, desde a atração do usuário até a concretização da venda. 

O intuito não é somente aumentar o volume de visitantes, mas pensar em como transformar os usuários em leads qualificados, oferecendo o que realmente o cliente deseja.

Até porque quem acabou de conhecer um negócio de fachadas em ACM SP tem necessidades diferentes de um usuário que já é familiarizado com a empresa e está quase fechando negócio. Por isso, os próprios assuntos, abordagens e conteúdos são diferentes.

Algumas dicas para otimizar o funil de vendas e converter leads são:

  • Foque na experiência do cliente;
  • Estruture bem cada etapa do funil;
  • Mantenha a equipe alinhada com seu planejamento;
  • Realize testes e análises com frequência;
  • Use ferramentas de automação de marketing.

Vale dizer que a partir do momento em que se tem um funil de vendas bem otimizado, é importante acompanhar a progressão das taxas de conversão e demais resultados. Dessa forma, é possível saber quais campanhas realmente são efetivas para cada negócio.

2 – Use as Landing Pages

As landing pages, ou páginas de destino, têm como único objetivo a conversão de leads. Por isso, elas contêm menos elementos e links do que um site convencional, justamente para que o usuário foque somente em uma ação principal.

Assim, uma landing page pode ser construída para oferecer um cupom de desconto em capa térmica para piscina, requisitando em troca um endereço de e-mail ou outro tipo de contato do usuário.

As landing pages são ótimas soluções para atrair um maior número de conversões, visto que as pessoas tendem a deixar um contato em troca de um conteúdo relevante, descontos, promoções ou inscrição em newsletter.

Contudo, é essencial construir uma página de destino otimizada, com títulos chamativos e objetivos, uma breve descrição e um CTA (call to action, ou chamada para ação) central.

Além disso, dependendo da conversão do usuário, já é possível aliar os esforços de segmentação. 

Por exemplo, caso a empresa ofereça mais de um produto, como etiquetas adesivas personalizadas e rótulos, os leads podem ser separados conforme a origem das landing pages, oferecendo os conteúdos certos para cada um.

3 – Crie conteúdo interessante

O conteúdo é o coração do marketing digital. Através dele, é possível não só atrair os visitantes, mas também convertê-los em leads, pois as pessoas tendem a comprar de empresas que demonstram credibilidade e autoridade no assunto.

Hoje em dia, a internet é um mar de informações. Por isso, ao procurar onde comprar adesivo para geladeira, por exemplo, o usuário não quer só uma propaganda invasiva, mas sim, deseja consumir conteúdos a respeito do produto, antes da compra.

A mesma situação é válida para a conversão de leads. Para conquistar mais contatos na sua lista de e-mails, no caso, é necessário oferecer algo valioso ao público e, muitas vezes, um conteúdo interessante é o suficiente.

Por isso, muitos profissionais de marketing investem na produção de e-books, webinars, boletins informativos e outros materiais que tragam conteúdo aprofundado a respeito de um produto, serviço ou nicho de atuação.

A oferta de conteúdo relevante também é uma maneira de criar um relacionamento saudável com os clientes. 

Quando se oferece um catálogo de uniformes profissionais SP para um lead, por exemplo, ele terá maior confiança no seu empreendimento e, como consequência, há maiores chances de fechar negócio.

4 – Responda os usuários

Os usuários querem obter retorno de suas respostas quando entram em contato com a empresa. 

Um dos grandes erros das organizações é ignorar as pessoas, ou então, demorar muito para respondê-las. Isso pode fazer com que o internauta perca o interesse e vá buscar o produto ou serviço na concorrência.

Por esse motivo, pode ser interessante investir em chatbots, os robôs pré-programados para responder os clientes de maneira rápida, mesmo fora do horário comercial. 

Assim, ao receber uma pergunta sobre o valor de porta etiquetas para prateleiras, o chatbot pode enviar a informação e dizer ao usuário que logo mais um vendedor entrará em contato.

É importante não deixar a comunicação somente a cargo dos robôs, pois as pessoas preferem conversar com outro ser humano do outro lado da tela. Por isso, mesmo que o chatbot já tenha enviado a informações, entre em contato novamente.

Lembre-se de ser objetivo e transparente nas respostas, porque o público valoriza a honestidade. Dessa forma, é possível conquistar e fidelizar os clientes.

5 – Treine a sua equipe

Os processos de conversão de leads devem ser efetuados em conjunto com a equipe de marketing e de vendas, através de uma comunicação sincronizada, que ofereça um atendimento completo e a melhor experiência ao cliente.

Por causa disso, mais importante que a estrutura das campanhas é o treinamento de vendedores, colaboradores e demais participantes das iniciativas de conversão. 

Desse modo, mesmo que um cliente entre em contato por telefone, pois viu um anúncio em um painel de led outdoor, a equipe saberá como agir e fará a nutrição do lead, para que ele siga pelo funil de vendas e concretize o negócio.

Além do mais, caso a empresa tenha investido em alguma ferramenta de automação, é importante que os colaboradores compreendam o funcionamento do recurso e saibam como usá-lo, pois a aplicação incorreta de tecnologias também pode prejudicar a conversão.

Lembre-se de acompanhar os resultados e o relatório de desempenho das equipes, como forma de visualizar o que está realmente dando certo em cada campanha e perceber possíveis erros. 

Nesse sentido, o feedback dos clientes também é imprescindível, visto que por meio da opinião deles, é possível perceber falhas de atendimento ou de nutrição.

Conclusão

A conversão de leads é uma batalha diária para os profissionais de marketing e vendas. 

Afinal de contas, de nada adianta ter um grande número de visitantes no site, se eles não demonstram interesse no produto ou serviço comercializado, bem como não fornecem algum contato para os processos de nutrição e convencimento.

Por esse motivo, a taxa de conversão de leads é um dos indicadores mais importantes para o sucesso de qualquer negócio. 

Embora não seja um processo fácil, há algumas maneiras de melhorar o desempenho e alcançar potenciais clientes, como privilegiar a experiência do usuário e oferecer conteúdo relevante.

Concomitantemente, é fundamental que as equipes e colaboradores estejam bem alinhados às metas e objetivos das empresas, para que se possa ter uma comunicação eficiente, que irá resultar em uma taxa maior de conversão de leads.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das novidades do mundo digital.

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email